Todos precisamos de ter alguma esperança!
Trebuie - Roménia

Photo by: Danladi Mamman, GCEN

Luciana é uma menina de 8 anos que tem paralisia cerebral. Ela e a sua família têm sido membros da Trebuie ("Nós Temos de…") desde 1994. Trebuie é uma organização não governamental (ONG) para crianças e adultos com deficiência mental, para os seus pais e para os profissionais que trabalham com eles. O seu objectivo principal é assegurar que os seus membros sejam capazes de ter uma boa qualidade de vida. A organização está envolvida com escolas e programas de integração educativa e social e cria oportunidades para a troca de informação e experiências entre os seus membros. Luciana foi integrada numa escola regular em 1998. Teve a ajuda dum professor de apoio e os seus pais trabalhavam com ela em casa. Aqui, entrevistamos Florentina, a mãe de Luciana, sobre a sua experiência na educação integrada. Esta entrevista foi publicada na sua versão integral no Boletim da Trebuie.

Quais são as necessidades da Luciana
A Luciana nasceu com fenda palatina e não era capaz de se sentar ou andar. Quando fez dois anos, o meu marido e eu fomos pedir ajuda ao médico. Ele não foi capaz de identificar as suas dificuldades mas remendou um programa de reabilitação. Luciana passou a receber sessões de fisioterapia 3 vezes por semana. O meu marido também trabalhava com ela em casa. Quando a Luciana fez três anos e meio já era capaz de andar, embora tivesse problemas de equilíbrio. No entanto, tem ainda dificuldades de aprendizagem.

Foi útil para a Luciana a sua ida para o Centro de Dia de Trebuie
Foi muito útil, tanto para a Luciana, como para mim. Ensinou-me a ser menos protectora. Costumava fazer tudo por ela. Ficava impaciente, preferia alimentá-la eu própria porque não queria que ela se sujasse. Isto não a ajudou. No Centro de Dia ensinaram-me a deixar a Luciana fazer coisas sozinha.

Photo by: Danladi Mamman, GCEN

Acha que a Luciana beneficiou de estar integrada numa escola regular
Sim, porque isso permitiu-lhe ficar em contacto com o mundo. Acho que ela deve estar numa escola regular. Começar num Centro de Dia tronou-a mais disciplinada. A presença de Luciana na classe não prejudica os seus colegas. A principal diferença entre ela e os seus colegas é que ela não recebe a informação da mesma forma do que as outras crianças da sua idade.

O que é que sentiu quando levou pela primeira vez a Luciana para a escola regularI Estava emocionada porque senti que a Luciana tinha começado uma importante fase da sua vida. Tive confiança em que as suas experiências não iriam ser negativas e que nada de mal lhe iria acontecer.

Que conselhos daria a pais que estivessem numa situação semelhante à sua
Penso que a minha situação é mais fácil do que a de muitos outros pais. Realizei que, enquanto eu tiver a Luciana, terei esperança. Espero que a minha filha vã continuar a progredir. Espero não a super-proteger. Espero que os nossos esforços tenham resultados positivos. Penso que todos precisamos de ter ESPERANçA.

Florentina Popescu pode ser contactada em: Str. Liniei nr 37, Block 6c, 5cA, E74, Ap 10, Sector 6 Bucarest, Roménia.


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function mysql_connect() in /home3/eenet/public_html/reference.php:6 Stack trace: #0 /home3/eenet/public_html/resources/eenet_newsletter/news3_port/page10.php(60): require() #1 {main} thrown in /home3/eenet/public_html/reference.php on line 6